Sense Bikes 2020 Criterium e Rock Evo – Valem a pena?

Em 2019 a Sense Bike realizou um grande evento em São Paulo, com os principais nomes da mídia brasileira sobre bicicletas, inclusive sites internacionais. Durante o evento, eles mostraram 37 modelos para 2020 e a empresa afirmou ter evoluído todos os processos de desenvolvimento e produção.

Agora, no final do ano, saiba como foi a recepção de duas das principais bikes, uma de estrada e outra para Moutain Biking, respectivamente. Em outras palavras, saiba se está valendo a pena investir nos modelos 2020 da Criterium e Rock Evo para aproveitar mais seu pedal.

loja s2 sense
Imagem via: Sense Bike.

Sobre a Sense Bike

Primeiramente, caso não conheça a Sense Bike, ela é uma empresa fundada por ciclistas brasileiros e que alcançou padrão mundial, e hoje é uma das principais marcas de ciclismo nacional.

sense logo
Logo oficial da Sense Bike.

No Brasil, a empresa possui um parque fabril em Manaus. Além disso, em Portugal há uma subsidiária chamada S2 Bicycle Industries, criada em parceria com a Swift Carbon, e um polo de desenvolvimento na Cidade do Cabo, África do Sul,.

Sense Criterium Factory

Na versão 2020 da Criterium, a Sense usou o nome Factory para indicar o uso de componentes mais avançados. Resumindo, a Criterium Factory foca no melhor desempenho possível para uma bike de estrada.

A bike tem um grupo Shimano 105 R7000 com 2×11, pedivela compacto e cassete 11/28. Rodagem com pneus Chaoyang Viper 700×28 e rodas Sentec 380, com 38mm de altura, tamanho projetado para dar melhor aerodinâmica. Junto a esses itens, tem também um cockpit Sentec RS1 semi-integrado e um selim Selle Royal. A bike pesa cerca de 9,9Kg.

Criterium Factory
Bike Criterium Factory.

Por ser uma bike de estrada, o foco está em quão suave é o pedal, o que certamente é o ponto forte dela. Em trajetos planos ela não só roda com facilidade, como proporciona conforto por sua posição e qualidade do selim e trilhos.

Outro destaque entre os ciclistas da Criterium foi a firmeza ao pedalar. Mesmo ficando de pé, a bike responde bem aos movimentos e não parece estar sendo forçada para algo que não consegue, pois os aros e garfo aguentam bem o tranco até com freadas mais bruscas.

Inclusive, a presença de freio a disco a torna uma opção interessante para iniciantes, porque irão se sentir mais seguros com um sistema de resposta rápida.

Detalhes da Criterium Factory
Detalhes da Criterium Factory

Seu ponto fraco é mais nítido em subidas, pois ela é uma bike de alumínio, sendo mais pesada que as concorrentes e suas rodas e pneus também são pesados. Isso também pode prejudicar para aumentar a aceleração em trechos planos.

Quem pode aproveitar bem essa bike?

No fim das contas, a Criterium Factory da Sense é uma bike indicada para um público que quer um bom rendimento com quadro de alumínio e não está muito focado em competições ou provas que envolvam subidas. Ela também é uma boa alternativa para praticantes de mountain bike que precisam de uma bike para treinos.

criterium bike de estrada
Uma ótima bike de estrada.

Sense Rock Evo

As MTB’s da Sense costumam sempre ter um ótimo custo benefício, e a escolhida para esse post foi a Rock Evo.

Ela possui uma suspensão RockShox TK 30 que vem com trava no guidão, quadro de dupla espessura feito em alumínio hidroformado 6061 T4/T6, pesando cerca de 14,6 Kg. Seus freios a disco são de funcionamento hidráulico e a transmissão é do modelo Shimano Alivio 18v, com duas coroas na frente e movimento central integrado. Isso permite maior rigidez nas pedaladas e melhor controle da bike nos terrenos irregulares.

Sense Rock Evo 2020
Suas rodas são aro 29″ com raios de inox.

Ela é uma Mountain Bike de nível intermediário, com suspensão, freios e transmissão que permitem até mesmo participar de competições sem que o ciclista se sinta prejudicado por não possuir um modelo inferior.

Vale a pena?

Esse é um modelo ideal para quem já adquiriu experiência no MTB e quer ir além dos modelos de entrada.

São vários componentes de qualidade e, mesmo isso tornando-a mais cara, por haver menor necessidade de manutenção você ainda sai ganhando economicamente. Além disso, seu design foca em melhorar a performance sem perder a ergonomia para evitar dores mesmo após várias horas de pedaladas, outro ganho para se levar em conta.

Boa parte do cabeamento é interno, consequentemente deixando o visual ainda mais bonito.

Portanto, ela é uma bike que pode te dar não só melhores chances em competições, como ela aguenta trilhas mais intensas e até mesmo pode atender ciclistas mais exigentes. No nível avançado de MTB existem modelos melhores como a Sense Impact Race 2020, que é a mais forte entre maioria das bikes, mas ela é mais indicada para quem disputa grandes competições.

Sense Impact Race
Sense Impact Race.

Curtiu o conteúdo? Se tiver mais alguma bike da Sense que você conhece e acha que deve ser mencionada aqui fique a vontade para comentar no post.

Aproveite também para ler mais sobre o mundo do pedal aqui no blog Viver de Bike.

Bons treinos!

Deixe seu comentário